Marketing digital para micro e pequenas empresas venderem mais em 2 passos!

online marketing seo

Você gostaria de aplicar técnicas de marketing digital para micro e pequenas empresas em seu negócio e captar consumidores interessados em seus produtos e serviços, causando um impacto positivo no faturamento da sua empresa?

Acredito que sim…

Se você quer saber como fazer para vender mais pela internet, considere aplicar estratégias de marketing digital no site da sua empresa.

As ações de marketing digital para micro e pequenas empresas podem ser aplicadas no seu negócio para atrair pessoas interessadas em seus produtos e serviços.

Nos próximos 5 minutos você verá um passo a passo para aumentar as vendas de uma empresa pela internet, além de dicas de como conquistar novos clientes usando a internet como ferramenta de atração e conversão.

Você vai saber mais sobre:

  • Como fazer o google gostar o seu site.
  • Como aumentar a visibilidade do seu site.
  • Como atrair pessoas interessadas no seu produto ou serviço.
  • Ações de marketing para aumentar as vendas.
  • E muito mais.

Passo 1 – Otimização do site para os mecanismos de busca (google)

otimizacao de site para google

Passo 1: Escolha uma plataforma de site amigável ao google

O google pode ser um grande aliado para aumentar o número de visitas do seu site, logo, escolha um sistema amigável ao google.

Sem falar em detalhes técnicos, é importante deixar claro que existem tipos de sites que o google dá preferência e posiciona melhor.

Na teoria, há vários detalhes técnicos que ajudam a otimizar um site, confira se a sua plataforma tem algo relacionado com Google, SEO ou sitemap, o que já é um bom sinal.

Não permita que seu site seja feito com tecnologia em “flash”….

Ao contratar alguém para fazer o seu website, não permita que façam seu site todo em flash. O google não indexa bem sites em flash, pois eles não abrem em dispositivos móveis e os mecanismo de busca têm dificuldade de ler o conteúdo.

Ou seja, um website em flash não está de acordo com algumas diretrizes do google  e perde posicionamento.

Passo 2: Seja o mais específico possível nos títulos

Na visão do google, o título da página é um dos pontos mais importantes. Geralmente os títulos devem ser escolhidos a partir das palavras chaves mais relevantes do seu negócio.

Colocar uma palavra chave relevante na página principal é uma ótima estratégia dentro do escopo de marketing digital para micro e pequenas empresas.

Porém, existem outros concorrentes que também querem muito aparecer, e com termos genéricos é mais difícil de se destacar.

Por exemplo, uma clínica veterinária situada na cidade de Duque de Caxias – RJ, ao invés de colocar  no título do site “veterinária”  que tem uma grande concorrência, poderia colocar algo mais especifico como “Veterinária em Duque de Caxias” ou se for 24hs  pode ser “Veterinária em Duque de Caxias 24 horas”.

Passo 3: Faça a descrição da página

Além do título, geralmente as plataformas  têm um espaço para descrição da página. Essa descrição é muito importante para o visitante identificar do que se trata a página antes de clicar.

Uma boa descrição, aumentando a quantidade de cliques recebidos.

Se deixado de lado, esse campo de descrição pode aparecer com códigos esquisitos ou palavras desorganizadas. Daí a importância de preencher a descrição chamando a atenção do visitante.

Passo 4: Tenha um endereço de página amigável

Depois do titulo e descrição, outro item extremamente importante é o endereço da página. O desenvolvedor do website pode deixar o endereço assim: www.nomedaempresa.com.br/produto.asp?IDProduto=58.

Além de ser impossível de entender de que se trata esse endereço, o google também não gosta de endereços assim e pode não dar preferência nas pesquisas.

Em vez de um código estranho, exija endereços do tipo www. nomedaempresa.com.br/categoria/titulo-da-pagina. Exemplo: www.estudarparaconcurso.net/apostilas/como-escolher-uma-boa-apostila.

Essa estrutura ajuda na navegação dentro do site e fica mais fácil de o visitante encontrar aquilo que procura. A acessibilidade também é analisado pelo google.

Passo 5: Coloque o nome nas imagens

Ao invés de subir a imagem para o seu site com um nome esquisito como “ACD334873.jpg”, é melhor substituir pelo nome de um produto ou palavra chave. No caso de uma loja virtual pode ser nomeada com o nome do produto.

Passo 6: Tenha um site responsivo

Site responsivo é aquele que se adequa ao formato das telas dos dispositivos como tablets e smarthphones. Dentre vários fatores que os mecanismos de busca consideram para exibir um site nas buscas, esse é um dos mais novos a entrar na lista.

Conclusão do 1ª passo:

Esses foram apenas alguns pontos que você deve levar em consideração para melhorar o posicionamento do seu site, mais existem muitos outros.

Deixar um website amigável ao google é meio caminho andado para conseguir aumentar consideravelmente o número de visitas.

Esses detalhes foram elaborados de modo que os mecanismos de busca consigam analisar a qualidade do seu site para o usuário, e eles estão cada vez mais preciso nisso.

Logo, organize a estrutura e otimize o website da sua empresa, pense em facilitar a vida do visitante e o google vai lhe dar preferência. Todas as técnicas citadas acima devem fazer parte do seu plano de ação para melhorar as vendas online.

Se quiser ir além e fazer uma otimização completa do seu site, considere contratar um profissional de marketing digital para fazer uma auditoria completa e otimizar seu site.

 

Passo 2 – Marketing de conteúdo (inbound marketing).

atração de cliente online

O marketing de conteúdo, inbound marketing, é uma forma de engajar com o público alvo, e aumentar a rede de clientes e potencias clientes produzindo conteúdo valioso e relevante.

Ele atrai, envolve e gera valor para as pessoas, e assim constrói uma percepção positiva da sua marca e finalmente gera mais vendas, além de melhorar o relacionamento com os atuais e futuros clientes.

Construindo sua audiência

Grande parte das estratégias de marketing tradicional baseia-se em pagar por espaço publicitário para mostrar suas mensagens. Algumas empresas têm um orçamento mensal para anunciar no Google Adwords ou Facebook Ads.

É como se a empresa pagasse por uma audiência que não é sua, uma audiência forçada.

Já o marketing de conteúdo trabalha com uma premissa diferente, de que você é o dono da audiência e vai construindo este ativo com o passar do tempo.

O blog do site é a casa própria e base de contatos da sua audiência, é o pilar central de toda estratégia de marketing.

Benefícios do marketing de conteúdo para sua empresa

Se você quer saber como aumentar as vendas de uma empresa através da internet, veja porque o marketing de conteúdo pode ser a solução:

Presença online – A marca da empresa fica mais conhecida, afinal você tem uma audiência própria. Hoje em dia 90% das compras começam com pesquisas online em buscadores como o “google”.

Campanhas publicitárias clássicas como Facebook Ads, Google Adword Twitter Ads entre outros são eficientes em gerar audiência, mas sempre vêm acompanhadas de altos custos.

Já com o marketing de conteúdo, você alcança várias pessoas de forma natural a um custo bem reduzido.

Diferencial competitivo: Se sua marca produz conteúdo de valor para a audiência, automaticamente ela gera a preferência do consumidor.

“De quem você compraria um software de automação de processos? Da empresa que educou você sobre o funcionamento e como utilizar a tecnologia a seu favor ou da empresa que apenas tenta vender o serviço?”.

Redução drástica de custos: Ao produzir conteúdo valioso, você estará produzindo um ativo que ficará acessível para os clientes por toda a vida, diferente da publicidade paga onde parou pagar, parou de receber visitas.

O investimento de produção é feito uma única vez, o que faz com que os ganhos sejam desproporcionais se comparado com a publicidade tradicional.

Criação de um canal escalável e mensurável de vendas: Uma estratégia bem sucedida de conteúdo tem o objetivo de construir um ativo digital para sua empresa, além de trazer novos negócios constantemente. O conteúdo é indispensável para trazer novos clientes, manter os existentes e fechar mais negócios.

Como começar uma campanha de marketing de conteúdo.

Agora que você já sabe como otimizar seu site para os mecanismos de buscas e quais são as vantagens de implementar o marketing de conteúdo, chegou a hora de saber como implementar uma campanha desse tipo.

Vamos listar os principais componentes de uma campanha. São 5 passos que você pode seguir para começar a produzir conteúdo e gerar resultados no seu negócio.

Passo 1: Blog  – Ferramenta de comunicação

 O blog é uma das principais estratégias para chamar a atenção e se engajar com o visitante. É a ferramenta de atração do seu público, o ponto de encontro com a audiência.

O blog será o responsável por transformar visitantes em fiéis admiradores e clientes altamente lucrativos.

Passo 2: Definir seu público alvo

Quando falamos de marketing de conteúdo, o conceito de público alvo (persona) é um dos mais importantes, pois é necessário saber que tipo de audiência que você quer atrair para a sua campanha de marketing de conteúdo.

Conquistar novos clientesO público alvo é uma representação simplificada do cliente ideal de uma empresa. É criado para compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa.

Caso possua uma base de clientes, esse será o lugar perfeito para começar suas investigações e descobrir seu público ideal. Mesmo que você tenha perfis diferentes de pessoas que consumiram seus produtos ou serviços.

Para mapear seu público alvo, você deve entender seu cliente em 5 dimensões:

  • Razão da compra: Que motivo levou o cliente a comprar seu produto/serviço?
  • Processo de compra: Como ele realizou a compra em si?
  • Utilização do produto/serviço: Qual o grau de entendimento o cliente tem sobre o produto, ele ainda o utiliza?
  • Hábitos de consumo: Onde o cliente costuma gastar seu dinheiro? Além do seu produto, que mais ele precisa e gosta de comprar.
  • Dados demográficos: Idade, sexo, educação, profissão, cargo, situação financeira. (as redes sociais podem ajudar a fazer este perfil).

Passo 3: Criação de linha editorial

Quanto mais você souber sobre o seu público alvo, fica mais fácil montar uma linha editorial efetiva para o blog da empresa.

A mensagem deve ser direcionada para o seu público, não adianta criar um conteúdo incrível se ele não serve para o público.

Qual é o problema do público?

Todos têm seus problemas, o seu cliente só veio até você porque ele tem um problema.

“E se você é a solução, ele tem que saber disso”.

Vou dar um exemplo relacionado a uma clínica veterinária:

QUAL O PROBLEMA ENFRENTADO POR DONOS DE CÃES?

  • O cachorro não quer comer
  • O cachorro está mancando
  • O pelo do cachorro está caindo.

É preciso saber qual o real problema do público e fazer uma comunicação certeira, capaz de criar uma ligação entre você e ele.

Descubra os problemas, dúvidas e objeções do seu público levantando as informações de público alvo, ou em vários canais da internet.

Sabendo o problema do público alvo, a comunicação se transforma em conversa amigável, e isso passa confiança e credibilidade. Lembre-se as pessoas costumam comprar de quem elas confiam.

Passo 4: Produção do conteúdo

Em posse das informações sobre os problemas, dúvidas e objeções do público alvo, é hora de preparar um conteúdo relevante baseado nos dados que coletados.

Ajudar as pessoas com informações relevantes traz engajamento, reforça sua autoridade e aumenta a confiança. Após o engajamento da sua empresa com o visitante, fica mais fácil transformá-lo em cliente.

No final é possível oferecer um produto ou serviço para solucionar seu problema, ou convidá-lo a fazer parte de uma lista de e-mails.

Resumindo:

  1. Saiba quem é o público?
  2. Descubra quais problemas e dúvidas que podem ser esclarecidas?
  3. Fale dos problemas e soluções e ajude a resolver.
  4. Sua empresa será lembrada.

A produção de conteúdo do seu blog, vai facilitar o encontro das pessoas que estão pesquisando na internet por algo relacionado ao seu negócio com a empresa.

Passo 5: Distribuição do conteúdo.

Lançou um post no blog? É hora de compartilhá-lo nas redes sociais da empresa e todos os canais que fazem parte da da estratégia.

Você pode, por exemplo, publicar cada artigo do seu blog nas redes sociais 3 vezes, em dias e horários diferentes para não saturar a audiência.

Concluindo…

Agora você sabe mais a respeito de marketing digital para micro e pequenas empresas, e passa a ter uma noção do que incluir no plano de ação para melhorar as vendas através da internet.

Existem outras ações de marketing para aumentar as vendas que não foram colocadas aqui para o artigo não ficar muito extenso.

Auditoria no seu site

E se quiser contar com a nossa ajuda para facilitar o encontro de pessoas interessadas em seus produtos ou serviços com o site da sua empresa, clique no link abaixo que faremos uma auditoria completa no seu website totalmente grátis.

Clique no botão abaixo e solicite a sua auditoria completamente grátis, em seguida entraremos em contato.

Solicitar análise do meu site.

Fim.

Posted in Vendas online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *